Bem Vindo a WA Rural

contato@warural.com.br

(14) 99759-4149

Topo

Conab ofertará 43,4 mil toneladas de milho

MILHO

Conab ofertará 43,4 mil toneladas de milho

Vendas de balcão acontecem em diferentes Estados. Confira relação das cidades em cada um deles

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) vai ofertar 43,4 mil toneladas de milho armazenadas em Mato Grosso para vendas de balcão em todo o país. O produto se destina a criadores de aves, suínos e bovinos, cooperativas e indústrias de insumo para ração animal e indústrias de alimentação humana à base de milho.

A estatal fará no próximo dia 12 de setembro leilão para contratação de serviços de transporte para a remoção do milho. O preço de venda do cereal será divulgado até dois dias antes da data do leilão.

Em nota, a Conab informa quais serão os municípios beneficiados nos vários Estados e o volume destinado a cada um: Amazonas (Manaus/1.000 t), Ceará (Iguatu/300t, Russas/100t e Juazeiro do Norte/1.500t); Espírito Santo (Colatina/5.000t); Goiás (Goiânia/100t, Itapuranga/1.800t, Palmeiras de Goiás/500t, Paraúna/700t, Pontalina/300t, Santa Helena de Goiás/100t e São Luís de Montes Belos/2.000t); Maranhão (Imperatriz/300t e São Luís/600t); Minas Gerais (Juiz de Fora/350t e Montes Claros/400t); Paraíba (Campina Grande/4.000t, Patos/1.000t e Monteiro/200t); Pernambuco (Arcoverde/500t); Piauí (Parnaíba/1.200t, Picos/1.000t e Teresina/3.000t); Rio Grande do Norte (Açú/1.000t, Caicó/500t, Currais Novos/1.000t, João Câmara/300t, Natal/500t e Umarizal/700t); Rondônia (Porto Velho/200t); Roraima (Boa Vista/400t); Rio Grande do Sul (Coronel Barros/949t e Cruzeiro do Sul/6.000t) e Santa Catarina (Braço do Norte/3.000t e Chapecó/2.000t), além do Distrito Federal (Brasília/1.000 t).

Conforme a estatal, as primeiras entregas ocorrerão em setembro e todas as remoções devem ser concluídas em outubro. A operação prevê, também, transbordo e desembarque em contêineres em Porto Velho-RO e Manaus-AM.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO